No Eu Confesso para Adultos você desabafa em TOTAL ANONIMATO Atenção: Esta secção destina-se apenas a MAIORES DE 18 ANOS.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

sobrinho tarado,tia recatada Heterosexual

Confissão ID: 188295 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Olá meu nome é Carlos, minha esposa Mariana e seu sobrinho Fernando.
Oque vou confessar é verídico,casei muito novo,de início era ciumento,mas comecei a perceber que me excitava vendo outros cobiçarem minha mulher.
No início disfarçava e a exibia o máximo possível,presenteava ela com roupas bem provocantes, sempre dizendo que adorava vela com shorts justos e lindos decotes.
O tempo passava e minhas fantasias só aumentavam, não tinha coragem de me abrir com ela.
Os anos se passaram, já com dois filhos,Mariana continuava atraindo olhares e tesão,nessa época,eu me ausentava alguns dias de casa a trabalho.
Em um final de semana estávamos na casa de uma cunhada, comemorando o aniversário de um dos sobrinhos de minha esposa,ela tem vários todos adolescente é pré adolescente.
A certa hora,vejo uma rodinha com cinco sobrinho mais afastados no quintal,ao me aproximar eles disfarçam e param a conversa,eu em tom de brincadeira,digo aposto que estavam falando de mulheres.
Eles ficam meio encabulados, durante alguns segundos,mas Guilherme o mais velho com 16 anos,confirma é isso mesmo tio,e todos riem.
Eu indago qual era conversa e eles me falam, que contavam as vezes que espiavam as primas nuas no banho,aproveito a deixa e pergunto se espiavam as tias também,ficam estáticos por alguns segundos,mas dizem que não.
Eu pergunto se tivessem oportunidade de espiar quem eles gostariam de ver.
Após alguns minutos de silêncio absoluto,reforço que pode falar o nome de qualquer tia, pois é só vontade,e aquilo ficaria em segredo entre nos, Fernando a época com treze anos,todo receoso,me pergunta: qualquer uma,sim digo eu.
Então ele diz,tenho vontade de espiar a tia Mariana,fico de pau duro na hora,como essa confissão mexeu comigo, fomos interrompidos pelos familiares,para cantar mos o parabéns.
Fui para casa,mas aquilo não saía da minha mente, naquela semana viajei e tentei arquitetar um plano para realizar o sonho do sobrinho e o meu.
Voltei com cinco dias,a noite após o jantar Mariana,estava muito silenciosa e pensativa,eu a indaguei o porquê,ela me disse você não vai gostar e passou a contar o acontecido.
O sobrinho Fernando,passava o dia em nossa casa brincando com nossos filhos,e só ia embora depois que os mesmos dormiam.
Segundo ela,no terceiro dia de minha viagem,ela pediu a ele que fosse embora pra sua casa,pois iria tomar um banho e dormir,e ele se foi.
Durante o banho,ela se assustou ao ver uma sombra na janela do banheiro e gritou perguntando quem estava ali, Fernando rapidamente respondeu e disse que precisava falar com ela urgente,ela se enrolou em uma toalha e foi atendê-lo, imaginando ter ocorrido algo com sua irmã.
Ao abrir a porta, Fernando entrou e todo trêmulo,disse a ela : tia eu não aguento mais de desejo em ver a tia nua,deixa eu ti ver,deixa.
Ela ficou petrificada,e negou veementemente,se o seu tio souber disso ele te mata, não tia, não conte nada pra ele, perdão eu vou embora.
Ao terminar eu estava de pau duro igual a rocha,ela perguntou e aí vai dar um corretivo nesse muleque.
Eu tentando disfarçar o tesão e a alegria de ver minhas fantasias se realizando disse: Não meu amor isso é curiosidade de adolescente é só vai passa,você deixando ele ver, você está louco ela disse.
Após alguns dias novamente iria viajar,e falei para Mariana que matasse a curiosidade de Fernando assim ele sossegaria,veja a loucura que você está me pedindo,depois não reclame,dei um longo beijo nela,e falei que não reclamaria de nada,mas que ela me contasse tudo depois.
Foram três dias que duraram uma eternidade,ao chegar já fui querendo saber se tinha acontecido algo,e Mariana disse que na cama me contaria tudo.
Tomei banho e deitei ao lado dela já de pau duro,ela põe a mão em meu pau e diz para me acalmar e ouvir.
Na noite que viajei, Fernando como de costume ficou até tarde em nossa casa, após os meninos dormirem,ele voltou a assediar Mariana, tanto falou,que ela pediu que ele esperasse ela tomar banho e depois conversaria com ele,neste ponto meu pau paresia que ia explodir e ao colocar a mão na buceta de Mariana senti o quanto aquilo estava mexendo com ela,sua buceta estava empapada
Ao sair do banho,ela estava só de roupão,e Fernando continuava no sofá da sala,ao vela ameaçou se levantar e ela disse para que ficasse alí,que queria matar a curiosidade dele,abriu o roupão e deixou que o menino a visse toda nua,com seus lindos peitos com os bicos durinhos e sua enorme buceta,que estava pingando de tesão.
Ele quase desmaia,e pede para passar a mão em seu seio,ela deixa,ele mama suas tetas como um bezerro e passa sua mão levemente em sua buceta.
Infelizmente param por aí,eu trepei com ela como nunca havia trepado, após ela.me contar isso.
A partir daí comecei a mostrar fotos dela nua pra ele, sempre dizendo que nunca contace nada pra ela, quando estava em casa colocava ele para espiar ela tomando banho, não dizia nada pra Mariana, pois ela achava que tinha ido longe demais,em ter se mostrado pra ele e eu não conseguia mudar sua opinião.
Fiquei três anos nessa brincadeira,eum dia meus filhos estavam na escola,eu tarado como sempre, chamei Mariana para uma brincadeira,disse a ela que queria brincar de sequestro,que iria amarrar suas mãos e por uma venda em seus olhos,e depois o sequestrador iria estruparla,mal sabia ela oque eu estava planejando.
Após amarrar e vendar seus olhos, comecei a chupar sua buceta que é linda e enorme,dei uma paradinha e disse que iria até o banheiro,mentira,fui chamar Fernando que estava na rua em frente a nossa casa,fiz ele entrar no maior silêncio,lavou o pau na pia do banheiro e o levei até o quarto.
Quando chegamos e ele viu sua tia amarrada,de bunda para cima,com as pernas abertas toda meladinha já queria pular em cima.
Através de gestos pedi que esperasse,e falei alto para Mariana, engrossando a voz,olha sua puta agora o sequestrador vai estuprar sua vítima,e coloquei Fernando em cima dela,ele começou enfiando seu pau na buceta dela que estava completamente melada,devido a toda sua inexperiência e todo tesão contido logo gostou e saiu rapidamente do quarto,dei uns minutos e continuei a brincadeira.
Ao final ela.me disse ter adorado e que eu estava maravilhoso,vcs podem não acreditar,mas nunca contamos para Mariana oque aconteceu.
Fernando casou e mora no Canadá,eu e ele realizamos nossa fantasia.

Texto desabafado por Candango feliz , em Sexta, 19 de Janeiro de 2018
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Candango feliz agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: desejo     tara     sexo     incesto     tia    

Comentários ao Desabafo de Candango feliz

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r