No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

NOVA PLATAFORMA - Perguntas e Respostas. Surpreenda-se com as respostas no novo Eu Pergunto:

Sabia que o Governo de Bolsonaro bloqueou as operações do Fundo Amazónia, eliminando a comissão que selecciona os projectos a apoiar?

Noruega suspende doações ao Fundo Amazónia, o que pode ser o seu fim O Governo brasileiro acabou com a comissão que administra o fundo criado em 2008 sem dizer nada aos dois países que o financiam. E Bolsonaro sugeriu à Noruega que dê o dinheiro à Alemanha para ajudar a reflorestar o país...

Por favor!!!!!!!!!!

Pessoal, é o seguinte: eu NECESSITO de que vocês me ajudem. Meu amigo vai viajar para o exterior e ficar 3 meses fora no Canadá e ele não conhece ninguém lá. Eu estou escrevendo um ?Diário de Despedida?, onde estou escrevendo do meu ponto de vista os nossos melhores momentos juntos até o dia da […]..

Sinto falta dos seus abraços Gay Feminino

Confissão ID: 214108 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Já se passou tanto tempo e eu só queria voltar naquele momento em que me abraçou apertado e meu deu um beijo demorado. Naquela noite nos amamos, podia sentir, era tão bom. Tua pele reluzia à luz da lua e brilhava, brilhava mais que as estrelas. Naquela noite, elas sentiram inveja de você. Eu tinha você só pra mim, entregue de corpo e alma. E eu podia sentir o seu coração batendo acelerado bem junto ao meu. Conectadas pelo desejo, pela vontade de estarmos ali, grudadas uma na outra. O mundo podia acabar naquele momento, porque eu estaria ao seu lado e em paz. Mas, o tempo passou e eu não te tenho mais. Você foi para longe. Longe de mim e dos meus braços. Eu sinto tanta falta de você e dos seus abraços. Abraços que me acolhiam e me protegiam. Apertados e aconchegantes. Fiz deles morada e hoje me encontro sem casa. Eu saio por aí, sem direção, com você no pensamento e com a imensa vontade de te encontrar… Quem sabe ao virar a esquina ou naquela mesa de bar. Quem sabe na biblioteca pública, tomando café e lendo um livro. No parque, no supermercado, na fila do pão…. Mas, eu não te encontro. É inútil, e eu vou perdendo as forças e a esperança.  Não posso mais viver nessa procura sem fim. Preciso aceitar que você se foi e que não vai mais voltar, mesmo querendo que me tome em seus braços mais uma vez. Fecho os olhos e até consigo te sentir. Adormeço.

Texto desabafado por Vanessa , em Segunda, 11 de Fevereiro de 2019
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Vanessa agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Vanessa

Por favor seja construtivo nos seus comentários.



Você já conhece a nova plataforma de Perguntas e Respostas?
Venha colaborar também no Eu Pergunto:

0
0
0
0