No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

NOVA PLATAFORMA - Perguntas e Respostas:

O que você mantém na sua personalidade até hoje?
» Clique aqui para continuar a ler ou para responder
Eu sou mais caipirinha kkkkk e vc?
» Clique aqui para continuar a ler ou para responder

Doente de amor... ? Heterosexual

Confissão ID: 230063 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Às vezes é inútil não se apaixonar. Eu atravesso a rua e lá está o cupido querendo me flechar novamente, eu tento escapar, me esconder, mudar o meu rosto, mas é inevitável, ele me encontra, ele mira no meu peito, grita o meu nome com deboche e promete-me que dessa vez dará tudo certo. Eu gosto de toda essa energia que o amor me trás, de todo esse perigo que me perco às vezes, das noites que não durmo, do ápice da paixão e de toda a investigação da conquista que eu planejo ter. Sorrisos me prendem, olhares me ganham e beijos me enganam, talvez eu goste mesmo é de ser enganado, acredito nas suas mentiras e te conto todas as minhas, somos verdades perdidas em mentiras? Dessa vez você falou que ficaria, bela mentira. Falo que amo na intensidade do momento, esqueço meu nome e por mais que eu tenha aceitado tudo isso, a verdade é que eu não sei se conseguirei te superar, não sei se conseguirei tirar seu nome dos lábios das pessoas do meu bairro, ou se conseguirei tirar sua imagem da minha mente, peço com piedade: delete-se de mim. E para tentar te superar eu espero me apaixonar por uma outra pessoa, alguém diferente, para que assim eu possa te esquecer, a próxima pessoa aparece, o ciclo não acaba, continua, passo exatamente pela mesma coisa. Eu não aguento mais, grito em mil vozes para que tudo isso acabe. Em um dia frio de outubro, enquanto bebo uma garafa de álcool barato em uma esquina num bar qualquer, peço mais uma dose para mim ao atendente, e quando percebo, o atendente é o cupido, ele fixa o seu olhar em meus olhos e ri com sarcasmo, em seguida, diz: pobre garoto, não percebes que está procurando as mesmas pessoas em corpos diferentes? Liberte-se

Texto desabafado por ... , em Quarta, 09 de Outubro de 2019
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. ... agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de ...

Por favor seja construtivo nos seus comentários.



Você já conhece a nova plataforma de Perguntas e Respostas?
Venha colaborar também no Eu Pergunto:

0
0
0
0