No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

Convidamos uma visita ao - Perguntas e Respostas
Agora você já pode fazer o login com a sua conta DISQUS:


Explique qual era a situação política e econômica da França durante o governo de Luís XVIII

» Clique aqui para continuar a ler ou para responder
O que é o ransomware chinajm????

» Clique aqui para continuar a ler ou para responder

Dependência emocionalismo Feminino

Confissão ID: 248875 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Oi gente!
Então, essa é minha história... me casei bem novinha com 19 anos com meu único namorado e então esposo.
Vim de uma família extremamente rígida e religiosa, já fui molestada na infância e tinha e tenho ainda alguns traumas devido isso, e também por ter vivido em orfanato em uma época na qual meu pai largou a família e foi embora com outra mulher, deixou esposa e filhos sem ter nem o que comer.
Depois o restante dos anos morei com meu padrasto ( pessoa maravilhosa como um pai pra mim) e minha mãe, eles são extremamente religiosos, muito rígidos, acho que por isso casei tão cedo. Hoje que percebo que todos meus medos e inseguranças foram devido tudo que vivi.
De lá para cá só de casada se foram 10 anos, mas foi e é um relacionamento tão abusivo que deixei de viver para viver para essa pessoa, eu não podia nada mas ele podia tudo, não pude estudar ( ele ao contrário estudou e continua com planos de estudar e se proficionalizar ainda mais).Hoje ele não impede mais que eu estude, não sei se por achar que não sou capaz mesmo, mas não fala mais nada, mas também não me incentiva em nada, qualquer emprego ruim ele quer que eu trabalhe.
Esse ano comecei trabalhar na limpeza, não que isso seja errado nem nada, mas como eu sempre tive tudo com meus pais e trabalhei em cargos " melhores" achei um pouco " menos" do que aquilo que sou capaz.
Mas eu estava com alto estima tão baixa que aceitei e fui, eu estava com depressão profunda e síndrome do Pânico, tomando remedios fortíssimos. Um deles me deu um efeito colateral tão forte que me vi obrigada sair do emprego , até então eu não sabia que era por conta do remédio. Ele não queria que eu saísse de jeito nenhum, ficava falando que não ia conseguir mais nada e ia perder a credibilidade naquele local de trabalho.
Depois de muito pensar eu saí, afinal de contas, estava cheia de problemas, não conseguia trabalhar direito e ainda o pouco que recebia era praticamente confiscado por ele, que não pedia um centavo mas até um desinfetante dizia não ter dinheiro para comprar, já esperando que eu que comprasse mesmo ele recebendo muito mais.
Esses 10 anos foi um declínio total, deixei de crer em mim mesma, deixei de achar que sou capaz, até sexo cheguei achar que tinha algo errado, ele dizia que mulher não gosta de pornografia só homens, que mulher não sente desejo por ninguém, só homens, que mulher não gosta muito de sexo, só homens, mulher casada não pode achar ninguém bonito, do contrário ele pode achar e desejar qualquer mulher. Quanto a emprego, nas entrevistas que eu ia começava passar mal de tanto nervosismo, acabava passando vergonha e me mandava.
A cada coisa pesada que ouvi infelizmente absorvi e interiorizei por todos esses anos.
Olha, são tantas coisas que aconteceram comigo de lá para cá, foram tantas coisas, eu também sou tão cheia de problemas emocionais de todos os níveis que se possa imaginar, sempre fui de suportar as coisas comigo mesma, achando que no final o problema era sempre meu não do outro.
Pois hoje venho aqui dizer que estou aos poucos revertendo isso, não sou mais tão nova mas acho que ainda sou capaz de conseguir reverter isso na minha vida, não o passado, o que passou passou, mas o futuro se me for concedido, posso viver algo novo.
Não tenho mágoas de ninguém mais, só quero viver, eu já não queria mais viver, levei minha vida só em casa escondida aceitando restos .. não quero mais relacionamentos, só quero viver, só quero sentir livre, só quero poder sonhar denovo, ser feliz...pelo menos sentir que me superei nisso, dei volta por cima nessa situação que me amarrou por longo período.
É isso. Obrigada por ler.

Obrigado por ter lido o desabafo de Anônima.
Duas sugestões: Primeiro comente este desabafo em baixo e depois TOQUE AQUI e venha conhecer novas pessoas no chat amigosK.com
Visto recentemente no Chat:

Texto desabafado por Anônima , em Sábado, 01 de Agosto de 2020
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Anônima agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de Anônima

Por favor seja construtivo nos seus comentários.



Você já conhece a nova plataforma de Perguntas e Respostas?
Venha colaborar também no Eu Pergunto:

0
0
0
0