No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

Convidamos uma visita ao - Perguntas e Respostas
Agora você já pode fazer o login com a sua conta DISQUS:


O Estado se configura em sua relação com os movimentos sociais como sendo:   (A)Confronto político, sendo aliado ou opositor. (B)Sendo sempre como opositor impedindo o progresso social. (C)Sendo sempre como aliado para o progresso social. (D)Sempre é apático não se importando com os movimento sociais. (E)De conversa e parceria.

» Clique aqui para continuar a ler ou para responder
Bolsonaro ameaça, mas desiste de demitir Mandetta. Militares foram fundamentais na reviravolta, mas o ministro ainda continua balançando no cargo.

» Clique aqui para continuar a ler ou para responder

Não confio mais em minha mulher! Masculino

Confissão ID: 90522 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que sou casado a 23 anos, sempre fui fiel, sou um cara trabalhador, sem vícios, tenho um bom emprego, porém, não sou mais feliz em meu casamento.
As vzs, penso que nunca fui suficientemente um homem para a minha mulher, de tanta insignificância que representei para ela.
Sempre procurei fazer aquilo que elementarmente o casamento pede, ser fiel, prover o lar de tudo.
Sei, que no começo do casamento, passei muitas dificuldades, devido ao confisco da poupança em 1990, porém nunca havia perdido a esperança de ser feliz, e era feliz.
Com o passar dos anos, percebi que a fui ficando de lado, sempre as minhas opiniões eram contestadas, o que falava era questionado, a minha importância de marido e esposo, estava perdendo o valor.
Fui seguindo em frente, pois pensava que era devido aos problemas econômicos, vieram os filhos e foram crescendo... Mas, sempre algo me chamava a atenção, qual era a minha importância como marido e esposo??
Nunca cheguei em casca de mau humor, nunca levei problemas do trabalho para casa, ou vice e versa, tudo que fazia ela sabia, pois antes de tomar qualquer decisão, a comunicava.
De vagar e com o tempo, fui percebendo, sempre que chegava em casa do serviço, ela saía para poder "deixar eu descansar", nunca ficava em casa para me dar um carinho, uma massagem, já que sempre que podia, eu proporcionava isso a ela, mesmo, se estivesse cansado.
passados algum tempo, ela começou a tomar decisões sem eu saber... Nada do que ela fazia eu conseguia saber, devido ás omissões, mentiras...E assim foi...
Até que comecei a descobrir ano passado, que ela acumulou uma dívida monstruosa com o banco, que até hoje não consigo saber detalhes dessa dívida, ela nunca conta, nunca abre a família o que a motivou pegar empréstimo ou acumular tais valores, sem condições de pagar...
Depois, começaram a chegar contas sem pagar e ela perder a cor, ao fazer as perguntas para ela...E ela, simplesmente, dizer que as escondeu de mim com medo que eu brigasse com ela. Ora bolas!!! Como?? Se sempre a dei carinho, respeito, atenção e a tratei como princesa??? Ela sempre gostou de sapatos, roupas de grife e um bom carro, tudo isso dei, porque posso dar, mas ao que parece, ela vive comigo, por conveniência e não mais por amor. ela sempre quis me controlar e até em certos momentos conseguiu, mas decidi que quem pode me controlar ou é Deus ou eu mesmo!
Notei algumas vzs, que "alguém" ligou pra ela e ela disfarçadamente, saiu para atender o telefone longe de mim...Muitas coisas estranhas aconteceram em nosso relacionamento, tanto, que, pude perceber que, ela parecia que estava em outro mundo... Em alguns desses casos, eu havia acabado de chegar de viagem a trabalho, doido para encontrar a família e esperava ela me receber de braços abertos e feliz, mas nem sempre era isso que acontecia...Não me conformava e não me conformo com essas coisas.
Não posso afirmar que fui traído, mas pela quantidade de mentiras contadas, escondendo várias coisinhas, e até coisas graves, como dever 9.000,00 ao banco, e não me falar nada, possivelmente havia coisa ou coisas muito graves atrás dessa dívida, pq se não, não havia razão para o encobrimento. Pessoas que falam tantas mentirinhas, tem essa cultura e habito em mentir, possivelmente fazem coisas bem mais sérias e terríveis onde nem nossa mente pode alcançar.
Todas essas mentiras, me trouxeram sofrimento, agonia, pois devido a atrasos na conta de energia, foram cortar a luz da nossa casa!
Sem contar, contas não explicadas, a fuga da conversa de contas a pagar sobre a mesa, os xingamentos ao menor questionamento das coisas não explicadas...Mas já tomei uma decisão!
Meus filhos estão crescidos e criados, estou bem de saúde, ainda sou jovem, sem vícios, ainda bem empregado, decidi que vou seguir a minha vida sozinho e ser feliz pq perdi todo amor que havia por ela. Talvez, encontrar uma mulher que eu possa dividir essa felicidade com ela sem medo de um futuro duvidoso e infeliz...
Oque vcs acham, devo realmente fazer, deixa-la e seguir a minha vida??
Abraços a todos e peço que comentem com todas as opiniões possíveis.

Obrigado por ter lido o desabafo de JR.
Duas sugestões: Comente este desabafo em baixo e depois TOQUE AQUI, junte-se a e venha conhecer novas pessoas no chat amigosK.com

Texto desabafado por JR , em Quinta, 06 de Fevereiro de 2014
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. JR agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: falta de confianca     falta de amor     Conveniência     traição     Separação    

Devo deixa-la e seguir em frente sozinho??

 sim, e ser feliz bem longe [ 82.61% ]

 não, continuar perdoando [ 8.70% ]

 trocar por outra imediatamente [ 8.70% ]


Comentários ao Desabafo de JR

Por favor seja construtivo nos seus comentários.



Você já conhece a nova plataforma de Perguntas e Respostas?
Venha colaborar também no Eu Pergunto:

0
0
0
0