No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

Convidamos uma visita ao - Perguntas e Respostas
Agora você já pode fazer o login com a sua conta DISQUS:


Homens, qual desses presentes acham que ele vai gostar mais? Pessoal, eu vou presentear meu companheiro. Temos poucos meses juntos? uns 5 meses. Quero presentear ele mas não é data específica, apenas um desejo meu. Um dos hobbies dele é cozinhar e viajar. eu gostaria de dar uma caneca, fica ruim? Mas estou com dúvida, […]

» Clique aqui para continuar a ler ou para responder
Zelador de uma ilha paradisíaca? Testador de videogame? Avaliador de camas de hotéis luxuosos? Qual é o emprego dos sonhos

» Clique aqui para continuar a ler ou para responder

Tocou-me, Ainda Que Não Seja Verdade Masculino

Confissão ID: 189312 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Existe um site de conversas online chamado Omegle. De certo modo, sinto-me mais desligado deste site hoje. É apenas diferente. Eu sou um desses bocados de pessoas, desses que recebem o nome de faker. Bom, eu sou faker desde meus 14 anos, agora tenho 16. Faz parte da vida de um faker como eu simplesmente não ter vida. O que eu faço como faker? Eu, como já é de se esperar, trolo pessoas.

Já houve um tempo em que eu sentia remorso, hoje não sinto nada. Estive lembrando de todas as pessoas que eu já trolei (a maioria adolescentes), algumas milhares de pessoas, e não sei o que pensar. Tomei uma certa atitude estranha de uns meses para cá, estou chantageando. Como faker eu nunca pude me queixar de nada, sempre consegui satisfazer os meus fetiches, lembro com orgulho de certas vezes em que forcei leks a me mandarem vídeos enfiando o cabo de escova de dentes em seus órgãos excretores.

Acontece que conheci alguém estranho, chama-se Gabriel. Conheci este indivíduo no Omegle também, nós nos falamos muito pelo WhatsApp, agora não mais, fui bloqueado. Bom, eu não trolei o Gabriel, mas ele me marcou de certa forma. Ele ouviu minha história, tudo o que eu tinha para dizer como faker, sobre minha filosofia de vida, sobre como é poder me satisfazer dos outros, então, passou a me encarar de uma maneira estranha. Disse que eu era louco e que precisava de tratamento, disse, ainda, que eu poderia estar matando alguém, é que ele pensa que alguma das pessoas que eu chantageei pode ter cometido suicídio. Não por menos, estou pegando o Facebook dos trolados e fazendo diversas ameaças, ando publicando muitos vídeos na internet e enviando em suas contas.

O Gabriel disse que sou um sociopata, que eu já fiz mal a muita gente, que eu deveria parar. Eu não me considero um sociopata, eu me considero um ser humano absolutamente normal, aliás, melhor que o normal. Tentem ver pelo meu ângulo, imagine que você seja um adolescente de 14 anos e que você tenha um objetivo, seja lá qual for. Está imaginando? Então, imagine que você queira muito isso e que esta coisa seja verdadeiramente importante para você. Sim, estou nessa situação, mas eu logrei sucesso. Eu trolei milhares, eu adentrei milhares de intimidades e humilhei centenas de pessoas. Centenas de héteros fazendo o que eu quero, satisfazendo minhas necessidades psicológicas, tudo muito interessante.

Então, é baseado neste sucesso que eu me orgulho de dizer aqui que sou faker. É baseado neste sucesso que me orgulho em dizer que sou um manipulador e que fui mais esperto que milhares de outros indivíduos mais velhos que eu. Conheci muitas pessoas, adquiri experiências valiosas, deparei-me com situações constrangedoras e algumas até engraçadas. Não desistirei de ser faker, apenas quando fizer 18 anos, lembrem-se de que tenho apenas 16 anos agora. No fundo, no fundo mesmo, quero que alguém me denuncie. Sinto isto, apesar de também sentir alguma hesitação. É este orgulho, são minhas vítimas, é um bocado de coisa mesmo, tudo isto me faz querer ser exposto também.

Quero poder falar publicamente sobre isto com alguém sem precisar esconder minha identidade. E, acima de tudo, sinto-me realizado por ter humilhado tantos adolescentes que julgo superiores a mim, ainda que pelos motivos mais supérfluos.

Obrigado por ter lido o desabafo de Faker.
Duas sugestões: Comente este desabafo em baixo e depois TOQUE AQUI, junte-se a e venha conhecer novas pessoas no chat amigosK.com

Texto desabafado por Faker , em Segunda, 05 de Fevereiro de 2018
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Faker agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: Sociopatia     loucura     Infelicidade     Asco     curiosidade    

Eu sou um sociopata?

 Sim [ 66.67% ]

 Não [ 13.33% ]

 Não Sei [ 13.33% ]

 Provavelmente Sim [ 6.67% ]

 Provavelmente Não [ 0.00% ]


Comentários ao Desabafo de Faker

Por favor seja construtivo nos seus comentários.



Você já conhece a nova plataforma de Perguntas e Respostas?
Venha colaborar também no Eu Pergunto:

0
0
0
0