No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

Sofrimento petrificado

Confissão ID: 1046 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Confesso, que fui um idiota. Que a amei primeiro, antes de mim mesmo. Que o meu medo de perdê-la era tamanho que deixava de ser eu mesmo me privando das minhas próprias opiniões. E as pessoas são más! Não ela ou eu! Todos nós. Uma vez que enxergamos no outro uma fraqueza, muitas vezes nos valemos dela para impor a nossa vontade. E ela não foi diferente. Pois sabia que esse amor era a minha fraqueza. E ela soube se valer disso e como soube. Mas hoje sei que se isso aconteceu é certamente porque eu permiti, porque as pessoas só fazem conosco o que permitimos. Daí o "idiota" do inicío.
Até que, com um acúmulo de frustrações retraídas e "sapos" engolidos, não consegui mais suportar (amor pode ser ilimitado, mas paciência não!). E com isso nosso casamento foi sofrendo explosões sequênciais até que só restou cinzas.
Fiquei arrasado quando ela partiu. Mas no inicio não me permiti chorar de forma nenhuma. Sofri. mas usei as palavras de derrotas dela proferidas contra mim, como um incentivo para continuar a caminhar e não demonstrar o golpe. Soltei as rédeas do meu orgulho e o deixei reinar. E nunca mais a vi.
Sinto que com ela foi-se todo o amor de uma vida. Todos os sonhos. Afinal, já fazem longos 4 anos de separação e nunca mais consegui construir um relacionamento homogêneo com ninguém. Ah, se eu chorei ? Sim, eu chorei: quase 2 anos depois. Mais acho que isso me custou muito caro, pois é como se todo aquele sofrimento tivesse se petrificado dentro de mim, e agora não sai de jeito nenhum. E isso me dói todo dia um pouquinho, lembrando-me da ausência da única mulher que amei de verdade, mas que certamente não me mereceu.

Texto desabafado por anonymous , em Sábado, 03 de Janeiro de 2009
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. anonymous agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Alguém continuou a amar alguém, mesmo depois de todo esse tempo ?

 Não, e nem acredito nisso. [ 100.00% ]

 Sim, afinal só se ama uma vez. [ 0.00% ]

 Não. [ 0.00% ]

 Sim. [ 0.00% ]


Comentários ao Desabafo de anonymous

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

Comentários no sistema antigo ao desabafo de anonymous

Apenas para consulta. Sistema descontinuado e substituído pela plataforma Disqus em cima

[1713] Entendo sua situação...eu amo uma pessoa que sabe do tamanho do meu amor por ela e por isso faz várias coisas erradas, sabendo que no final, eu irei perdoá-la...admiro sua coragem e acho que ainda irá encontrar uma pessoa que mereça o seu amor, e nesse dia, esse antigo amor, se tornará passado.

submetido por anónimo em 06/09/2008   Classificação neutra



[Páginas de comentários: 1 ... 1 ]


0
0
0
0


r