No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

Perguntas e Respostas. Surpreenda-se com o Eu Pergunto:

Respondida: Defina Tecnologia em uma palavra?

Respondida: Dúvida básica de subtração

Minha filha nasceu e eu não consigo sentir amor por ela Feminino

Confissão ID: 100131 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

Eu confesso que minha filha nasceu a menos de duas semanas e eu não consigo sentir amor por ela. Me preocupo com o bem estar dela e só. Pra mim o melhor momento é quando ela está dormindo, quando ela acorda chorando minha vontade é de sumir do mundo, amamento ela com sentimento de obrigação, odeio amamentar, tento fazer carinho nela, pego na mão dela, olho bem pra ela, mas não adianta. Nunca gostei de crianças, minha gravidez foi indesejada, engravidei de um cara com quem ficava ocasionalmente, ele sugeriu aborto, e confesso que passou sim pela minha cabeça, mas eu decidi ter o bebe, terminei com ele e levei a gravidez adiante. Não tive apoio por parte dele na gravidez, mas minha família sempre esteve ao meu lado, eu aceitei a gravidez, pensava sempre que não importava o que acontecesse eu sempre iria amar minha filha, mas não foi bem assim depois que ela nasceu.
Ela nasceu 3 semanas antes do previsto por parto cesáreo, tive dificuldade na amamentação, o leite so desceu 5 dias após o nascimento e meu seio feriu, ja está bem melhor e eu estou amamentando quase sem dor, cheguei a pensar que era esse o meu problema, que estivesse ligado a amamentação, mas não é. Até agora não dei nenhum banho nem troquei nenhuma fralda, minha mãe é quem faz tudo isso. Na gravidez não tinha nenhum pensamento negativo, mas também não tinha aquela empolgação, fiz algumas coisas da decoração do quarto, mas o enxoval quem escolheu foram minha irmãs, eu não me animei nem pra isso, mas pensei que era por que eu não levava jeito pra isso. Tenho uma sobrinha de dois meses, sinto mais carinho por ela que por minha filha. Não estou conseguindo dormir direito, ela passa a noite acordando e chorando, eu coloco no peito até ela dormir, mas quando coloco no berço ela acorda e chora, só pego nela pra amamentar, ela me olha com os olhos cheios de lágrima e eu choro porque me sinto um monstro, sei que ela não tem culpa de nada, que é um ser inocente, eu queria mais que tudo no mundo sentir aquele amor incondicional de mãe, que olha toda boba pro filho, mas eu não consigo, não é por que eu não queira. Espero que seja só uma fase, que isso passe e eu consiga amar ela como deve ser.

Texto desabafado por Anne , em Segunda, 06 de Outubro de 2014
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Anne agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: filha     amor     nenhum     nasceu     mãe    

Alguem aqui já passou por isso?

 Sim [ 50.00% ]

 Não [ 50.00% ]


Comentários ao Desabafo de Anne

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r