No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

Então... acho que nunca serei pai Masculino

Confissão ID: 187626 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

sou homem, tenho 43 anos, sempre quis ser pai, ter um filho, filha, vários.

Mas começo este desabafo falando de minha infância, foi péssima, eu não tive pai, o cara que engravidou minha mãe fez as malas e sumiu, minha mãe nunca mais quis outro relacionamento, cresci sozinho, digo, sou filho único, mesmo assim, sendo só eu, os tempos eram difíceis.

em casa não tínhamos nada, eu passei anos dormindo no chão, em um colchão de capim que minha avó mesmo fazia, roupas eu mal tinha pra ir a escola, brinquedos nem pensar, em casa não tinha TV, nem geladeira e nosso fogão era um fogareiro.

a comida... tinha vez que a única refeição era mingau de fubá com couve.

com este cenário eu tive que abandonar a escola aos 14 anos para trabalhar, mais tarde voltei a estudar e hoje ate tenho um emprego que considero razoável para minha situação, a vida mudou muito pra mim, tenho tudo que precioso hoje em casa, não tenho dividas e tenho ate as minhas economias.

porem... voltemos a adolescência.

uma vez pensei no futuro e me fiz uma promessa: que seria pai apenas se um dia eu pudesse dar a meu filho uma vida melhor que eu tive.

mas ate hoje não me sinto capaz disto, tipo, me lembro da minha mãe sair de casa de madrugada para marcar consultas pra mim em hospital publico, definitivamente não quero passar por isto, me lembro dela uma vez chorando, implorando por uma vaga na escola publica.

prometi que só teria um filho se um dia pudesse dar a ele uma situação melhor, um plano de saúde, uma educação particular, etc.

hoje, apensar de meu salário, minhas economias, casa própria, sem dividas, situação estável, ainda não tenho o suficiente pra isto, então, nada de herdeiros.

no ultimo natal minha mãe me escreveu um cartão dizendo que já estava passando da hora de ela ter um netinho... isto mexeu com meus sentimentos, mas não, não vou colocar um filho no mundo para viver como eu vivi, onde moro, bairro simples, as crianças já crescem se envolvendo com drogas, brigas nas ruas, etc., não quero um filho nesta realidade.

Então é isto, a cada ano que passa mais longe eu fico do sonho, eu me esforço para ir mais longe do que cheguei, mas é complicado, no Brasil é meio complicado subir na vida quando se saiu la de baixo, alguns conseguem e outros não.
Ainda vou manter uma luz de esperança nos próximos 7 anos, mas se as coisas não melhorarem, vou desistir de vez, sei que ainda será possível após este prazo, mas não, a gente tem de saber quando o sonho chegou ao fim, quando não deu certo e encarar a realidade da vida.
Sei que muitos pais colocam filho neste mundo mesmo desempregados e morando em barracos de favela, mas não eu, to fora, nenhuma criança merece isto, considero doido o homem, e doida a mulher que coloca filhos neste mundos em condições adequadas.

Texto desabafado por Claudio , em Quarta, 10 de Janeiro de 2018
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. Claudio agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.
[ Tags ] leia mais sobre: filho     filhos     filha     pai     brasil    

Comentários ao Desabafo de Claudio

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r