No Eu Confesso você desabafa em TOTAL ANONIMATO O que espera? Desabafe! Clique no botão à direita.

(A lista não inclui usuários em conversa privada) , são alguns usuários que estão no Bate-papo / CHAT. O que você está à espera? Junte-se a eles e divirta-se um pouco!! (att: para maiores de 18 anos apenas)

a minha experiência com o suicídio Gay Feminino

Confissão ID: 209958 - Por favor LEIA PRIMEIRO o texto antes de votar. Obrigado.

Partilhar: Facebook Twitter Linkedin

eu leio muito sobre o suicídio,eu li várias coisas sobre o que uma pessoa que pensa em suicídio pode fazer para ter uma vida boa,eu tive uma ideia,o que aconteceria se eu criasse um personagem que tentou tudo para ter uma vida boa e mesmo assim não consegui e que iria se suicidar em breve,como será que as pessoas iriam reagir a esse suicídio

eu fiz assim,eu criei um personagem que estava a anos pensando em suicídio,que durante o tempo que estava pensando em suicidar,o meu personagem fez tudo o que era possível para ter uma vida boa e mesmo assim a vida do meu personagem estava ruim,o meu personagem acaba o texto dizendo que iria se suicidar em breve,já que nada estava funcionando para ele,eu escrevi o texto em primeira pessoa,era como se eu fosse o meu personagem,o texto foi bem escrito,ninguém duvidou da veracidade do texto

o resultado que eu obtive com essa história falsa foi surpreendente,o resultado foi ninguém aceitou o meu suicídio(o suicídio do meu personagem) mesmo o meu personagem tenha tentado tudo para ter uma vida boa,terapia,remédio e religião

falaram para o meu personagem ir para a terapia que o meu personagem ficou pouco tempo na terapia por isso que a vida dele não melhorou,ou seja,o meu personagem ficou meses na terapia,essa pessoa que escreveu isso,não quer admitir que a terapia não vai fazer o meu personagem parar de pensar em suicídio ou ter uma vida boa

a pessoa mais sincera que eu(o meu personagem) encontrei mandou eu ir num psiquiatra de crise,porque segundo essa pessoa eu não queria morrer,eu queria acabar com a dor,que a vida era ruim mesmo,mas que eu deveria viver,ou seja,mesmo o meu personagem já tendo falado que tinha ido ao psiquiatra e tomado remédio,essa pessoa mandou o meu personagem fazer o que ele já fez e que não tinha funcionado,essa pessoa sincera é incapaz de aceitar o desejo de morrer do meu personagem e mente dizendo que ele só quer acabar com a dor

me mandaram eu(o meu personagem) ir para igreja,sendo que o meu personagem já tinha feito isso,comentários envolvendo religião e igreja foi o que o meu texto mais teve,o meu personagem falou que ficou bastante tempo na religião e mesmo assim mandaram ele continuar acreditando que a religião poderia melhorar a vida dele

me mandaram fazer mais do que eu já tinha feito,ninguém admitiu que o meu personagem era um caso perdido,mesmo que eu tenha escrito o meu texto de uma forma que o meu personagem fosse um caso perdido

a conclusão que eu cheguei é que as pessoas nunca vão aceitar o suicídio dos outros,não importa o quanto o suicida tenha se esforçado para ter uma vida boa,,o problema não é a pessoa que quer se matar,o problema é as pessoas que não aceitam o suicídio,qualquer motivo para se suicidar,nunca vai ser um motivo bom o suficiente para se matar,as pessoas acabaram com o direito a vida dos indivíduos e criaram o dever a vida,que as pessoas devem viver mesmo contra a sua vontade

Texto desabafado por ano novo , em Quinta, 13 de Dezembro de 2018
ÁUDIO: OUVIR O TEXTO - clique em OUVIR O TEXTO e aguarde um pouco - Pausar - Retomar - Parar
Quanto maior o texto, mais tempo demora a começar a leitura. Por favor aguarde.
  • Você já leu todo o texto? Por favor vote este desabafo, clicando nas estrelas. ano novo agradece.
Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que são publicadas diariamente. Se você considera que esta confissão é ilegal, não está de acordo com as regras (*) do Eu Confesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate, utilizando o link REPORTAR ABUSO. Obrigado pela sua colaboração.

Comentários ao Desabafo de ano novo

Por favor seja construtivo nos seus comentários.

0
0
0
0


r