headerphoto

Confissão [ 20028 ]

Minha mina e sua "amiga" me comeram o cu



3
Votação
Por favor.
não se esqueça de classificar este desabafo. Obrigado.

Link Patrocinado:
Par Compatível 18+ A única Rede Social para Adultos Totalmente Gratuita.
Você já se cadastrou?




Surpresa!

Tenho uma vida sexual ativa com minha parceira. Fazemos de tudo entre quatro paredes, entre nós não existe tabu. Nossa última novidade foi a prática da inversão de papéis. Sempre gostei de um fio terra. Descobri que sentia tesão no cu quando, em uma transa, minha garota estava lambendo meu saco e foi descendo até enfiar a língua no meu rabo. Aquilo me deixou desconcertado! Como ela percebeu que eu gostava, com o tempo, começou a enfiar os dedos no meu cuzinho enquanto me chupava o pau. Até pouco tempo,esta brincadeira não passava do fio terra, até porque quando ela exagerava na quantidade de dedos, meu ânus ficava um bocado dolorido. Comecei a notar que cada vez que a gente transava, minha namorada dedicava mais tempo dando um trato no meu rabo do que chupando minha pica. Eu não me importava, gostava de sentir seus dedos mexendo dentro do meu reto, e quando ela lambia e chupava meu cuzinho, sentia meu pau endurecendo tanto que chegava a doer. E ela adorava, ficava louca de tesão. Depois das dedadas, eu sempre chupava sua bucetinha com vontade e a comia com uma fome de leão. O gozo era intenso!
Num belo fim de semana, fomos a um motel. Entramos no quarto, eu liguei a TV e fui logo procurando os canais pornôs. Eis que pinta um filme em que umas minas muito gostosas enrabavam o cara com uma pica de borracha presa na cintura! Não deu outra, ficamos os dois loucos para fazer aquilo também. Como no motel havia uma espécie de armário com produtos eróticos que podiam ser comprados - incluindo a dita cinta com consolo - não pensamos duas vezes! Ela vestiu aquele negócio e já foi me botando de quatro. Lambuzou meu cuzinho com gel e começou a esfregar aquela pica enorme na entrada do buraco. Enquanto fazia isso, ela dizia: “Humm, sempre quis te ver de quatro assim! Essa é uma das minhas três maiores fantasias! Meter um consolo no seu cuzinho!” E começou enfiar. Aquilo doeu pra cacete. Era uma piroca enorme e grossa, bem diferente de dedos femininos. Eu gemia de dor! E ela gritava: “Tá doendo o cuzinho da minha putinha?! Hoje você é a mulherzinha, vou arrombar seu cu e você vai gostar, vai me pedir mais!” E de fato, depois que meu cu laceou, aquilo ficou bom demais. Comecei a rebolar na pica, o que a deixou louca de tesão. Eu pedia “Me fode! Fode sua puta safada, arromba meu cu!”. E entre gemidos, ela me disse: “Sabe qual é minha outra fantasia, sua puta? Eu quero chupar uma xoxota na sua frente! E depois te comer na frente da garota!” Ouvindo isso não aguentei e gozei na hora! Mais tarde, no banho, perguntei qual era a terceira fantasia! Ela me fez virar de costas, começou a esfregar minha bunda com sabão e sussurrou no meu ouvido: “Quero te ver chupando um pau de verdade, sentando num cacetão bem gostoso!” Eu não conseguia relutar, ela me falava essas coisas sussurrando em meus ouvidos enquanto massageava meu cuzinho e continuava dizendo: “Imagina amor, uma pica bem gostosa na sua boca, aquela cabeça vermelha, brilhando e você lambendo e chupando!” E colocava o dedo médio nos meus lábios, me fazendo lamber e depois chupar como se fosse um pau. Fique estarrecido! Eu estava gostando da ideia de chupar um cacete e minha namorada estava me incentivando! Ela falava meio gemendo: “Quero chupar esse cacete com você amor, passar em nossas bocas! Ai que tesão, a gente se beijando com a cabeça da rola em entre nossos lábios! Depois você fica de quatro, eu lambo seu cu pra ele ficar prontinho pra levar a piroca!” Me vi louco de tesão, aquilo realmente me excitava! Comecei a me imaginar dando o cu e ela se masturbando e assistindo tudo! Para terminar o banho ela ainda me disse: “Ai ai, e depois quero que você leve toda a porra no cuzinho, quero ver ela escorrer!” Fomos para cama e trepamos um monte ainda.
Durante a semana que se seguiu a esses fatos, me peguei várias vezes imaginando essas coisas. Peguei o consolo que havia comprado no motel e me masturbei com ele. Chupava o todo e depois metia no cu e me punhetava até gozar. Um dia não aguentei e confessei a minha garota que sua fantasia tinha virado a minha também e que queria realizá-la. Ela me disse: “Hum, sabia que você ia viciar, todo homem quando experimenta uma metida no cu fica viciado!” “Agora você é uma putinha safada também! Quer um pau para mamar e sentar não é?!” Fiquei meio sem jeito e com tesão ao mesmo tempo. Ela me acalmou, dizendo para eu não encanar, que achava normal e que gostava e disse: “Tenho uma “amiga” que pode ajudar a gente a realizar essa fantasia”. Eu não entendi, mas antes que pudesse perguntar qualquer coisa, me mandou tomar um banho pois enquanto isso, ligaria para a tal amiga para convidá-la a tomar umas cervejas em casa e conversar sobre o assunto. Fui me lavar morrendo de curiosidade e tesão. Mil coisas me passaram pela cabeça, mas preferi não tentar adivinhar. Depois de duas horas, enquanto conversávamos, minha garota disse: “Você vai adorar Amanda, ela é linda e tem o que você descobriu que gosta!”. Na hora me lembrei que ela tinha uma amiga “depiladora” que na verdade era um travesti. E disse “Sua safada, aposto que sua amiguinha sabe de todas as nossas transas, você estava tramando isso faz tempo não é mesmo!?” E ela: “Ai amor, mas você gostou não é? A Amanda é minha amiga, conto tudo para ela. Já até mostrei uma foto sua, ela te achou um gato! Vai amor, relaxa, vai ser bom!” Nisso, toca a campainha, era a “amiguinha”. Estava meio puto com minha mina, mas quando vi sua amiga entrar, mudei de ideia. Era um boneca mesmo! Feminina, belos peitos, uma bunda grande e redondinha, não dava para falar que era travesti. Parecia uma mulher muito gostosa, mas com uma pica, fiquei de pau duro! Minha garota percebeu minha reação e deu um sorriso malicioso. Fomos apesentados, Amanda tinha uma voz suave, bem feminina mesmo, eu não estava acreditando. Fiquei superexcitado. Minha namorada nos serviu cervejas, conversamos sobre banalidades. A conversa não estava fluindo muito bem. Eu estava meio travado embora morrendo de tesão! Ficava olhando aquela boneca gostosa, imaginando sua pica dura. Amanda percebia meu estado e parecia gostar mas estava um pouco tímida, aparentemente esperava uma deixa da amiga. Estava sentada em um sofá de frente para minha poltrona, vestia uma minissaia bem justa e deixou as pernas entreabertas. Eu podia ver sua calcinha e um tímido volume entre suas pernas. Minha namorada, percebendo o que acontecia, nos serviu mais cervejas e entrou na conversa, era a deixa. Papo vai, papo vem, o álcool começou a subir e minha garota sentou ao lado de Amanda e começou a falar da nossa fantasia, enquanto repousava as mãos nas coxas da “amiguinha”. Fiquei tarado com a cena. Minha garota dizia: “Amiga, ensinei meu namorado a dar a bunda! Agora ele sabe o que é bom!” Dizia isso e alisava as coxas de Amanda que olhava para mim sorrindo. Eu já alisava meu pau por cima das calças. Minha namorada vendo isso disse: “Olha Amanda, ele tá com tesão porque sabe que você tem um pau bem gostoso e duro!” e levantou a minissaia da amiga, abriu suas pernas e começou a alizar seu pau, que já estava duro, por cima da calcinha. Coloquei meu pau para fora e comecei a me punhetar. O pau de Amanda se avantajou tanto que sua calcinha não o comportava, deixando de fora sua cabeça inchada, pulsando. Minha garota olhava para mim sorrindo. Com uma das mãos acariciava a pica da amiga e com a outra se masturbava por dentro do shortinho curto que usava. Em determinado momento, tirou a mão toda melada de sua bocetinha e lambuzou a cabeça do cacete de Amanda que já estava com metade da piroca para fora da calcinha. Fiquei louco de tesão mas não interrompi. Amanda gemia, seu pau babava. Minha garota tirou a calcinha da amiga e começou a punhetá-la ao passo que me provocava dizendo: “Olha amor, que pica gostosa! Não dá vontade de chupar? Deixa eu chupar?” E começava a se agachar lentamente na direção daquele pau enorme. Eu, sem reação,só assistia e me punhetava. Estava gostando da cena. Minha garota caiu de boca! Chupava o pau da amiga com vontade. Amanda gemia alto! Nesse momento Amanda tomou a iniciativa e me convidou: “Vem gato, vem ajudar sua namorada. Vem chupar minha pica!” Caminhei em sua direção e a beijei na boca. Senti minha garota abocanhando meu pau. Enquanto beijava Amanda, minha mina colocava as duas picas na boca. Segurava cada uma com uma mão e as beijava, lambia, gemia muito enquanto esfregava uma na outra. Estávamos os três loucos de tesão. Sentia a pica de Amanda dura roçando na minha enquanto a beijava. Ouvi minha mina chamando: “Vem amor, vem chupar pica comigo!” Me joelhei na frente daquela pica dura. Minha namorada a segurava com força, puxando o prepúcio para trás o que deixava a cabeça exposta. O pau de Amanda era grosso, avermelhado e pulsava de tesão. Fiquei um tempo olhando aquela pica. Minha garota disse então: “Abre a boca amor, deixa eu colocar a pica da minha amiga aí.” Obedeci, abri a boca e me inclinei em sua direção. Senti a cabeça roçando meus lábios, dentes e língua. Fiquei louco de tesão, Amanda puxou minha cabeça para frente e mandou: “Chupa safado, chupa que eu sei que você quer!” Comecei a lamber a cabeça da pica, chupava e mordia, enfiava até a garganta. Depois revesei a pica com minha mina, no fim das contas já estávamos chupando juntos. Então Amanda disse: “Quero comer esse seu namorado safado, você deixa amiga?” Minha garota respondeu: “Deixo, mas agora que chupei sua pica e descobri que ela é gostosa, quero sentir ela na minha xota também!” Fiquei meio contrariado com essa ideia mas o tesão era maior e deixei rolar. Fomos para o quarto. Tiramos nossas roupas. Amanda tinha belos seios, cintura bem feita e pele bem cuidada. Era de fato uma mulher linda com uma pica! Eu e minha mina deitamos cada um de um lado e começamos a chupar aquela pica de mulher gostosa. Depois minha namorada deitou de pernas abertas com a bucetinha toda depilada e arreganhada e me pediu para chupar. Chamou Amanda para perto e disse: “Vai amor, chupa minha xoxota e a pica da minha amiga!” Deixa a gente molhadinha que a Amanda vai me comer na sua frente!” Cai de boca em sua xoxota, chupei ela toda, lambi seu clitóris. Ela gemia de tesão, cuspi na entrada da vagina e a preparei para a penetração. Amanda, que também gemia alucinadamente, me segurou pela nuca e enfiou aquela pica gostosa em minha boca. Chupei até ficar bem dura. Deitei ao lado das duas e observei. Amanda esfregava a pica na bocetinha da minha garota. Observei a pica entrando em minha garota, estava louco de tesão. Ela olhava para mim e dizia: “ Tá gostando amor? Tá gostando de me ver dando para uma boneca?!” Nem precisava responder. Amanda gemia e dizia: “Vocês são o casal mais safado que eu já vi, que tesão!” E fodia minha garota com vontade dizendo: “Que boceta gostosa da sua mulherzinha, seu safado!” Minha mina respondia: “Amor, você precisa sentir essa pica na bunda, ela é uma delícia!” Amanda entendeu a deixa, tirou o pau da boceta daminha namorada e disse: “Vem aqui, você vai ser minha putinha agora! Vem sentir o gosto da xota da sua namoradinha aqui no meu pau” Fiquei de quatro na frente daquele caralho e comecei a chupar. Depois virei com a bunda para Amanda, ainda de quatro e inclinei o corpo para frente. Meu cu ficou todo arreganhado. Minha mina começou a lamber minha entradinha e a pica da amiga, chupava ambos. Senti um frio na barriga. Pensei: “Caralho, vou levar uma pica de verdade na bunda!” Olhei para trás e vi Amanda abrindo um tudo de K.Y. Lambuzou aquele pau enorme. O frio na barriga aumentando. Olhei para o lado e vi minha mina se masturbando e gemendo que nem louca. Senti o dedo de Amanda tocar meu cu e esfregar lubrificante, gemi de tesão. Ela começou a esfregar a cabeça do pau na entrada do meu cu que estava todo lambuzado e piscando. Perdi a linha, senti aquela pica quente e dura na minha bunda e comecei a rebolar e gemer alto. Minha mina me olhava e rindo, disse: “Hum, que delícia amor! Já to vendo que a Amanda vai ter que vir aqui em casa mais vezes! Só não vale vocês se divertirem sem mim hein!” Amanda riu e falou: “Minha putinha tá pronta pra levar pica?” Eu rebolava na cabeça de seu pau e piscava o cu. Pedi: “Mete essa pica gostosa, enfia ela toda na minha bunda!” Foi quando tive uma sensação que até então não sabia como era boa! Amanda me segurou pelo quadril, ajeitou a pica direitinho e forçou a entrada. Senti a cabeça dentro e gemi. Minha garota já quase gozando gritava: “Isso amor, dá essa bundinha gostosa dá, leva esse cacete sua vadia!” Senti as duas mãos de Amanda em minhas ancas, me puxando para trás e enterrando sua pica em meu reto. Sentia centímetro por centímetro de seu cacete enorme entrando no meu cu. Bem diferente do consolo. A pica de Amanda pulsava quente, era dura e macia ao mesmo tempo. Sentia meu esfincter se contraindo, abraçando aquela rola. Meu pau babava de tesão. Minha namorada anunciou o gozo. Amanda começou a me foder com força. Eu rebolava, ela me estapeava a bunda e gemia. Eu pedia: “Isso, fode, fode mais. Que delícia!” Olhei para minha mina e disse: “Olha amor, seu namorado levando pica no cu, tá gostando de me ver dando que nem uma puta !?” E ela sem forças por causa do gozo, apenas acenava com a cabeça. Amanda começou a meter cada vez mais forte e disse: “Ai, vou gozar! Vou gozar nesse cuzinho gostoso! Vou te encher de porra!” Senti seu pau latejar dentro do meu cu, parecia que ia dobrar de tamanho! De repente Amanda deu uma estocada mais forte enfiando fundo até as bolas. Senti seu saco bater no meu e um jato quente inundando meu cuzinho! Meu pau estava duro feito pedra, senti meu cu piscar naquela pica jorrando porra quente em meu reto. Dei uma punhetadinha e já estava gozando de um jeito que nunca havia feito antes. Minhas pernas tremiam, senti o pau de Amanda amolecer até sair de dentro do meu rabo. Sentia a porra escorrendo pelo meu cuzinho e lambuzando minhas bolas! Deitei de bruços com a bunda toda melada, meu cu arrombado e dolorido. Minha mina veio por cima e sussurrou no meu ouvido: “Que delícia amor, você é o homem da minha vida, tem que ser muito macho pra realizar uma fantasia dessas! Te amo!” Depois, beijou Amanda na boca e disse: “Obrigado amiga, só você mesmo pra fazer isso! Deitamos os três abraçados. É lógico que repetimos a dose no dia seguinte!

lida 9692 vezes, Texto desabafado por Pepe em Sexta, 09 de Julho de 2010 - publicado em Namorado/a

 

Atualmente é quase humanamente impossível ler todas as novas confissões que entram no site diariamente. Se você considerar que esta confissão não está de acordo com as regras (*) do EuConfesso [* regras listadas na página de publicação de confissões] ou ultrapassa todos os limites do razoável, por favor relate usando o link "Reportar Abuso" em baixo. Obrigado pela sua colaboração.

Tags :





LINK DIRECTO: http://www.euconfesso.com/confissao-20028.html


*O Seu Nome


*O Seu Email (opcional)
Se desejar ser contactado pelo administrador, por favor coloque o seu email.


*Sobre o Abuso
Por favor faça uma breve descrição da situação que considera um abuso. Obrigado.


*Coloque o Código:

*Coloque o Seu Nome ou deixe como "anónimo":


Por favor indique o Seu Sexo ou Orientação Sexual:

*Escreva o Seu Comentário a esta confissão:
Note que devido ao nosso sistema de cache, o seu comentário pode demorar até 60 minutos até ficar publicado nesta confissão.

Nota:
O Eu Confesso é um site onde os as confissões e comentários são anónimos, mas nem por isso poderemos aceitar conteúdos agressivos ou considerados ilegais.
A administração poderá, sem aviso prévio, remover confissões ou comentários que considere ir contra os objectivos deste projeto.
Se concorda com isto, clique em baixo para publicar o seu comentário.






Comentários dos Usuários (3):

submetido por: anonimo-7511, em 07/30/2010:

[42723] adorei mesmo...confessei esses dias p minha namorada que ja dei a bunda p uma trava e p 2 caras...Estou completamente abismado com minha confissão. Ela gostou e disse que é doida p me lamber o cu e enfiar o dedo :D vcs nao imaginam o tamanho d adrenalina em contar algo que ate então era só meu. e o melhor ver a reação dela achando bizarro e que nao esperava isso d emim mas que achou super natural :D amei :)
Concorda com este comentário?     Classificação: 3

submetido por: Edu, em 07/10/2010:

[40342] Isso pra mim esta mais pra conto erótico do que pra confissão.
Concorda com este comentário?     Classificação: 1

submetido por: ejw, em 07/09/2010:

[40295] se o buraco ficou do tamanho do texto, melhor jogar o cu fora
Concorda com este comentário?     Classificação: 6


demario publicou o seguinte:

Nossa eu tou amando este site é maravilhoso
qagente poder se revelar e falar do que gosta
como ficar tentando seduzir os cara que só gostão de buceta é um jogo
muito gostoso eles dizendo não e eu...

guilherme lol gostei da sua frontalidade @demario .. mas eu sou hetero...boa sorte :) ...
Devasso sou fa do site, pena nao ter mais usuárias femininas... ontem adorei a video conferencia ...

Algumas das últimas pesquisas realizadas na seção de adultos:

Busca sobre # Res.
opiniao sobre o meu penis1
o que acham do meu penis2
fotos2099
swing311
gang bang30

Novidades

Já é novamente possível REPORTAR um problema com uma confissão. Clique no link Reportar na página da confissão.

Receba as últimas confissões por email:






Siga o EuConfesso
no Twitter.
Acompanhe aqui.


Contos Eróticos

clique para visitar os contos eróticos

O Tiro Que Saiu Pela Culatra
Meu nick é Fotografu, tenho este apelido porque gosto de fotografar e filmar as coisas boas da vida ...
ACONTECEU EM UM ACAMPAMENTO
O\'Que vou relatar aconteceu quando fui convidado para ajudar em um acampamento de jovens Evangélico...


Tópicos Populares



Warning: mysql_close(): no MySQL-Link resource supplied in /home/euconfe/public_html/addviewcomment.php on line 1228